Frases sobre TVP

 

 

 

 

Nesta página você encontra frases significativas que foram selecionadas especialmente para te ajudar  a compreender a Terapia de Vidas Passadas. 

As palavras que não estão entre aspas foram acrescentadas por mim para que as frases tivessem sentido fora do contexto dos livros.

Obs: a opinião dos autores não refletem necessariamente a opinião do autor deste site.

 

 

 

 

 

Autor: Morris Netherton (PhD em psicologia)

 

“A TVP, baseia-se no pressuposto de que os pacientes podem determinar a origem dos traumas nesta vida, tanto mentais, quanto físicos, em fatos enraizados em suas vidas pregressas”. Pag. 17 (1)

" Os pacientes revivem cenas de vidas pregressas com o objetivo de compreenderem certos problemas que os afetam na vida presente” (pag. 22) (1)

“O êxito do tratamento não é influenciado pela crença na reencarnação ou pelo ceticismo a respeito” (pag. 23). (1)

Investigar aspectos positivos do ser é anti-terapêutico, “do mesmo modo que um acontecimento negativo é decorrente de um trauma passado que pode ser apagado, o comportamento positivo é resultante de satisfações passadas que também podem ser diluídas” (pag. 24). Assim, as pessoas “sem” desajustes comportamentais devem deixar seu inconsciente em paz. (1)

“Quando um paciente nos procura, buscamos localizar sua maior dor, sua dificuldade mais acentuada para enfrentar a vida. A partir dessas emoções ele irá alinhavar o passado para encontrar sua fonte”.  Pag.24 (1)

“Não tenho o menor interesse em elaborar qualquer tipo de matéria sensacionalista; em verdade, nada tenho a ver com a “criação” desses incidentes. Minha tarefa tem sido simplesmente a de guiar meus pacientes na busca dos elos entre o passado e o presente, bem como auxiliá-los a eliminar o passado da posição de controle que exerce sobre suas vidas” (pag. 25). (1)

“As fantasias que uma pessoa desenvolve a seu respeito podem revelar muito de si, de suas obsessões, temores e auto imagem.” Pag. 32 (1)

“... Freud e Jung descobriram que as nossas piores dores, nossos mais profundos temores e nossos mais comoventes traumas, estão profundamente sepultados em nosso íntimo. Comumente não nos lembramos, quer de eventos que lhes deram causa, quer das conseqüências imediatas de tais acontecimentos. Somente as cicatrizes são observáveis, na forma de problemas comportamentais. Mas os acontecimentos não desaparecem da memória, encontram-se gravados no inconsciente”. Pag. 34 (1) 

 

 

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner

 

A TVP  “não está, de modo algum, associado ao ocultismo, exceto quanto ao fato de compartilhar da aceitação da possibilidade da reencarnação” (pag. 34). (1)

 “Acreditamos que acontecimentos de vidas precedentes podem produzir efeitos tão devastadores no comportamento atual de um paciente quanto qualquer coisa que lhe aconteça nesta existência” (pag. 35). (1)

“O inconsciente funciona como um gravador. Registra e armazena indiscriminadamente todo e qualquer acontecimento que ocorra.  ... Seu banco de informações fornece ao consciente e à afetividade a base estrutural de toda a personalidade” (pag. 35). (1)

Não é recomendável o uso de sugestão e de hipnose nas sessões, pois prejudica o paciente: “não faz com que se desenvolva uma atitude positiva para “apagar” o acontecimento do inconsciente. Quem há de fazer este trabalho há de ser sempre o paciente, não o terapeuta. Para conseguir isso, o paciente precisa estar plenamente consciente do que está sendo reproduzido e de como aquilo lhe afeta” (pag. 35). (1)

“Quando um paciente me procura para tratamento, procuro levantar sua história médica e familiar, e discuto com ele seus problemas como ele os vê. Nessa fase, procuro ouvir determinadas frases que são repetitivas e que parecem deslocadas. ... “fico vermelho de fúria”, tomo essa frase como uma descrição literal de algo que existe em seu inconsciente, algo problemático, que está tentando sair” (pag. 35). (1) Estas frases são utilizadas, através da repetição, como guias para eliciar do inconsciente o conteúdo de vidas passadas.

“a gravação dos temas que governam a vida do paciente é feita durante o período pré-natal, nascimento e primeira infância desta vida” (pag. 44). (1)

A terapia de vidas passadas é uma técnica muito orientada pelos problemas. Tomamos cada sintoma e o trabalhamos especificamente” (pag. 46). (1)  

 

Sobre o método da TVP

            Os quatro elementos presentes numa sessão de TVP:

1)  “a solicitação dos dados ao inconsciente enquanto o consciente permanece presente” (pag. 46). (1)

2)  “a reconstituição cuidadosa de sofrimentos e traumas emocionais é fundamental” (pag. 46). (1)

3)  O processo de repetição e desligamento. “Faço com que repita várias vezes até que se desligue do trauma a ela associado” (pag. 46). (1)

4)  “ao final da sessão investigamos o período pré-natal, a experiência do nascimento e a infância, buscando acontecimentos e frases que desencadearam as experiências relativas à vida pregressa” (pag. 46). (1)

 “O leitor há de notar que a terapia não realiza qualquer cura milagrosa e que, tampouco, sou um “curador paranormal” em sentido algum do termo. O paciente é responsável pela sua própria melhora” (pag. 47). (1)

O feto tem capacidade de percepção inconsciente, ele grava tudo sem interpretar nada. “O feto grava todos os pensamentos da mãe como se estes se referissem a ele” (pag. 113).  “Sem qualquer mente consciente para discernir ou interpretar, o inconsciente recorda todos  os incidentes de vida passada que sejam acionados por acontecimentos na vida da mãe. Esses incidentes moldam os padrões de comportamento da criança. Ao nascer, o infante começará a vida tentando resolver estes eventos sem mesmo saber quais são” (pag. 114). (1)

“Há quatro fases separadas e distintas no período pré-natal: o momento da concepção, o período quando a mãe começa a suspeitar que está grávida, o momento da confirmação e o tempo restante antes do nascimento” (pag. 114). (1)

“O fator humano mais influenciado pela experiência do nascimento é a capacidade de controlar o estresse” (pag. 119). (1)

“A morte é o maior trauma sem solução. ... A morte é o momento em que deixamos tudo por terminar” (pag. 126). (1) 

“...O trauma sem solução no momento da morte é uma causa primária de distúrbios de comportamento. A maioria de problemas que eu encontro tem suas origens nas mortes de vidas passadas, quando o impacto destas mortes é apagado, muitos distúrbios simplesmente desaparecem. No momento da morte, poucos estão preparados. A maioria está condenada a deixar tudo inacabado. Os problemas que incomodam uma vida física são carregados para o espaço entre as vidas. Nossa capacidade de manejar esses problemas influencia nossa escolha para o próximo corpo no qual reencarnaremos.” 126 (1)

As pessoas não mudam seus pensamentos e seus sentimentos com a morte e “tendem a “escolher” uma vida seguinte usando o critério oriundo dos traumas de sua morte prévia, muitas vezes incapazes de, racionalmente, considerarem o quanto infelizes isto a fará” (pag. 134). (1)

“...Os paciente freqüentemente recebem benefícios residuais na TVP” , “os pacientes freqüentemente sentem que o mundo ao redor deles está mudando, isto porque não mais provocam comportamentos em relação aos outros” (1)

“Dentre a recordações de vidas passadas que eu testemunhei, o fenômeno mais comum foi o ponto de vista múltiplo: o do mesmo acontecimento em vários pacientes diferentes” (pag. 142). (1)

 

 

1- Vidas Passadas, uma abordagem psicoterápica. Autor: Morris Netherton. Summus Editorial.

 

 

Conheça meu livro Nascer Várias Vezes

 

 

 

Trechos do livro Nascer Várias Vezes

 

“As pessoas devem entender que existe o passado que repercute no presente e o passado que está no passado. O passado que necessita ser descondicionado é o passado que está no presente e domina o presente, portanto não é passado, é presente.


“A vida encarnada é uma limitação da vida do espírito, nesta limitação aproveitamos uma parte dos conteúdos bons ou ruins do espírito e a maior parte fica latente. Muitas habilidades que nosso espírito antigo possui estão “adormecidas”, pois não foram incentivadas, dinamizadas, desenvolvidas, eliciadas ou potencializadas em nenhum momento da nova encarnação, desde a concepção até o momento presente. Um dos mais importantes esforços que devemos fazer durante a encarnação é aprender a usar e estimular estes recursos “adormecidos”.

"A união do novo corpo com o espírito antigo é que vai gerar o ser único que somos cada um de nós." 

"Se você somar todas as experiências encarnadas, juntas, elas são muito mais breves que o tempo desencarnado". 

"Quanto mais aprendemos e evoluímos, mais preparados estamos para enfrentar positivamente os desafios da vida". 

“A vida do espírito é longa e as situações mudam radicalmente. Aproveite as boas oportunidades”. 

"A expansão da consciência e a plena manifestação do espírito provocam a emersão de conhecimentos, habilidades e recursos capazes de elevar a vida humana a um outro patamar existencial". 

"Os conteúdos do espírito são filtrados quando da encarnação, isto permite o foco nos objetivos traçados como missão de vida". 

"Para se manter atuante e influenciar os comportamentos todo conteúdo psíquico deve ser atualizado continuamente". 

"Nas origens dos problemas estão condicionamentos muito bem enraizados e que são sustentados por decisões, crenças, sensações e sentimentos que continuam atuando, mesmo que nossa consciência já tenha mudado". 

“Sua evolução somente será completa com a reparação (podemos comparar a reparação a um processo de “limpeza” da mente)”. 

"Muitas habilidades que nosso espírito possui estão “adormecidas”, pois não foram desenvolvidas nesta encarnação". 

“A percepção da realidade da vida espiritual causa um choque de valores e de prioridades, o que pode libertar a pessoa do peso do orgulho, da insatisfação constante e da dependência do “reconhecimento” externo”. 

"A continuidade da vida mostra que os desafios enfrentados de forma nobre nesta encarnação, por mais difíceis que sejam, são a base para o amadurecimento e a evolução espiritual, o que gera muitos benefícios nesta encarnação e nas próximas". 

"Os seres humanos nascem com capacidade, preparo e recursos internos para superar os desafios da missão de vida". 

 

Compartilhe este site |

 

 

Artigos  /  Autor  /  Casos Clínicos  /  Consultas  /  Links  /  Livros  /  Frases  / 

  Perguntas e Respostas / Dicionário de TVP / Campanha /

 

 


Início t-v-p

 

Consultas / Blog Caminho Nobre / Jesus Cristo

Psicologia Racional / Nascer Várias Vezes / Facebook

 

 

 

 

 

 

 

 

Caminho Nobre

 

 

 

 

Denuncie o tráfico de animais.
Saiba mais sobre este grave problema.